quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Umas músicas para as Lobas do blog ;)

Em vários posts pude expressar o quanto tenho aprendido com o blog, a partir das pessoinhas lindas que conheço todos os dias.
A paixão pela culinária; a vontade de deixar de ser apenas uma compradora de artenatos e tomar coragem de colocar a mão na massa, nas tesouras, tecidos, isopores, etc; as dicas para deixar minha casa mais bonita, prática e organizada; aprender a lidar com as limitações de algumas pessoas; ...
Nossa! Passaria o dia listando tudo o que começou a mudar em mim depois que resolvi criar o Blog.
Vejo que o "Encontro das Lobas" acontece todos os dias, como eu esperava, são mulheres guerreiras, que mesmo com as obrigações com a casa, trabalho, marido, filhos, ainda tem um tempinho de vir dividir pra somar.

Espero que essa sensação gostosa continue, faço o blog pra gente e não pra mim. (claro que acabo sendo beneficiada também :p)

Nesse final de semana fui ao Show de Roberta Sá, e nem lá parei de pensar em vocês. Pode?
Não conhecia o trabalho dela, mas adorei o show " Quando o Canto é Reza", em homenagem ao compositor Roque Ferreira. O show é uma parceria de Roberta Sá com o Trio Madeira Brasil. 
Oww sambinha gostoso de ouvir, além do arranjo espetacular, a voz dela é muito suave.  Combinação perfeita. Eu Indico!

Muitas das músicas falam de mulheres... não vou saber citar os títulos pois estou descobrindo ainda. Mas não tinha como não lembrar das minhas "Lobas" do blog... as artesãs, as cozinheiras, as rendeiras, etc etc... principalemente ouvindo as seguintes músicas:

A Mão do Amor - Roberta Sá

Eu queria que a mão do amor
Um dia trançasse
Os fios do nosso destino
Bordadeira fazendo tricô
Em cada ponto que desse
Amarrasse a dor
Feito quem faz um crochê
Uma renda, um filó
Unisse as pontas do nosso querer
E desse um nó
Nó de muringa de correr
Nó de fié
Nó de guia, botão de rosa
Nó de ané



Cocada - Roberta Sá
(essa é muito grande a letra, só vai o vídeo)




Espero que tenham gostado tanto quanto eu.
Ofereci as músicas de coração.

Uma beijoca com gostinho de cocada pra vocês e até a próxima.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Sorteio no Blog Mulherices

Meninas,

sou louca por maquiagem... e se for na região dos olhos, adoro mais ainda.

O blog Mulherices e Cia Ltda está sorteando uma paleta com 120 cores de sombra. Ótima oportunidade para participar do sorteio e quem sabe renovar o estoque de maquiagem.

As 25 top comentaristas que vão participar, então se inscrevam logo. O resultado sai dia 30 de outubro.

Boa sorte pra vocês, queridas.... qualquer coisa, depois me contem.

[Dica] Acessórios Maria Ribeiro

Oi pessoal,

Vim pra indicar o blog de Maria Ribeiro pra vocês.

Na semana anterior ao meu casamento, quando fui ao salão para fazer a prova do cabelo e maquigem pude conhecer um pouquinho do trabalho dela.



Gosto de sempre dar um toque especial às coisas que faço e no meu GRANDE DIA não podia ser diferente.
Nunca tinha experimentado utilizar flores no cabelo, não achava que ficaria bom em mim. Me surpreendi.O meu penteado foi uma das coisas que mais gostei em mim no dia do meu casamento, mas garanto que sem a tiara que Maria fez pra mim, o acabamento não teria sido o mesmo.

 Posso falar como cliente que além da qualidade dos produtos que ela vende, ela tem uma atenção e delicadeza desde o primeiro contato com o cliente até a entrega da peça.
Além de flores de tecido, ela faz acesssórios belíssimos (tiaras, colares, anéis, etc) com linha e arame.


O final do ano está chegando, nada como um acessório novo pra renovar e valorizar o look.

Só mais duas coisinhas, meu maquiador e cabelereiro foi Sandro e Eddie, trabalham no Salão de Rosinha Leão, aqui em Recife... outros dois profissionais que me apaixonei, muito dedicados e nos passam muita segurança.
E pra terminar, encontrei o Flickr de Maria, lá tem uma galeria de fotos, com alguns dos trabalhos dela tb.

Uma beijoca e fiquem com Deus

sábado, 23 de outubro de 2010

[Receita] Souflé de Fubá da Gil

Oi pessoal,

vim trazer mais uma receitinha pra vocês.
Sabe aqueles dias em que a gente não sabe o que cozinhar. Estava sem inspiração hoje, até fuçar o meu armário e olhar uma receitinha de Souflé numa embalagem de fubá. A receita era de souflé de fubá com queijo... gostei da idéia, mas achei que faltava alguma coisa... coloquei a mão na massa e o resultado foi delicioso.

Fiz um refogado com:
3 dentes de alho
1 cebola média
1/2 pimentão
1 tomate médio
1 lata de milho verde
1 Linguiça calabresa picada
coentro, manjericão, salsa e cebolinha a gosto

e reservei.

Misturei em uma panela:
2 xícaras (chá) de leite
1 xícara (chá) de fubá
1 colher (sopa) de margarina
2 colheres (sopa) de queijo ralado
1 tablete de caldo de bacon

levei em fogo médio, mexendo bem, até formar uma massa homogênea. Deixei esfriar um pouco.

Quando esfriou coloquei em uma tigela 3 gemas, bati um pouquinho na batedeira e fui acrescentando a massa aos pouquinhos. Acrescentei um pouquinho de queijo coalho cortados em cubinhos.
Bati as 3 claras em ponto de neve e acrescentei aos poucos, mexendo cuidadosamente com uma espátula.

Num pirex untado com margarina e trigo, coloquei um pouquinho da massa, por cima coloquei o refogado e cobri com o restante da massa, polvilhando queijo ralado.
Coloquei no forno pré aquecido por uma média de 40 minutos, tirei e servi com arroz branco.



Vale a pena fazer, viu. Eu mesma comi mais do que devia... não resisti.

Depois vocês me contam o que acharam.

Beijinhos e Bom apetite!!

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

[Dica] Empanados de Merluza recheados

Oi meninas,

tantas coisas aconteceram nessa semana, que não tive tempo de dar um oi pra vocês. Mas, lembro de minhas amigas blogueiras quase o dia todo, todo os dias...

Domingo, aproveitei um tempinho que tive para poder fazer minhas comprinhas do mês. Mesmo gostando de colocar a mão na massa e preparar tudo, às vezes compro algumas comidinhas pré-cozidas para me socorrerem naqueles dias que não tenho tempo de fazer nada.

Pode até ser que vocês conheçam, mas pelo menos eu nunca tinha visto: Empanados de Merluza Recheados. Comprei o recheado com creme de brócoli, mas tinha a opção com recheio de queijo.


São bem gostosinhos!
Para salvar meu almoço nessa semana, fiz uma arroz refogado com cenoura ralada e vagem, uma saladinha de alface com tomate e manjericão, e os filés cobertos com um creminho de queijo que improvisei.

Fritei, mas há a opção de colocar no forno também, coloquei num guardanapo para diminuir a gordura e por cima coloquei o creme de queijo.

Olha como ficou:



O maridão, aprovou :)

Ah, comprei os empanados no HiperBom Preço, mas acredito que em qualquer Hiper Mercado tenha. Paguei uns R$4.

Beijo e fiquem com Deus

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

[Dica] Revista Autismo

Oi pessoal,

informação é uma ferramenta muito importante, e muitas vezes o que precisamos para não ver determinadas coisas de forma preconceituosa. Digo que aprendi a confrontar certos preconceitos quando entrei para a área de turismo e hoje, aprendo diariamente com as experiências vividas em sala de aula, com histórias de vida que só precisam de um pouco de sensibilidade para seguir em frente.
Aprendo muito com meus alunos. Cada um no seu mundo e eu tentando interpretar. A vontade de fazer parte do universo deles respeitando os limites meus e deles cresce cada vez mais. E como é bom quando eles se abrem e deixam que eu leve um pouco de luz para seus coraçõeszinhos. É gratificante ver o nosso crescimento.... digo nosso, porque aprendemos juntos. 
Todos os dias tenho que lidar com situações delicadas, problemas diversos e para ter uma postura que me faça ajudar e contribuir, procuro ler, me informar sobre universos desconhecidos... quero, no mínimo, não ficar com as mãos atadas quando precisarem de mim.
Nessas minhas incansáveis pesquisas, descobri a umas duas semanas o blog "Estou autista", que fala sobre as conquistas e evoluções diárias de Luiz Kakaki Júnior, uma criança linda de 10 anos, que está autista e  para que vocês conheçam basta clicar aqui.
O blog é atualizado por suas duas irmãs mais velhas, Karla e Luiza, gêmeas. Em um dos textos falando sobre o blog, elas dizem "Aprendemos todos os dias com ele e nos alegramos muito com suas evoluções." Acho que essa frase não cabe só a família, mas a todos que, assim como eu, dá uma passadinha no blog sempre que pode só pra aprender mais um pouquinho.

Como já falei uma vez pra elas: muitas vezes as pessoas se colocam no lugar das pessoas da família que cuidam da criança com necessidade especial. Com o blog a gente a possibilidade de observar sob a visão da criança.
Hoje, fiquei muito feliz com uma conquista não só do Lu, mas dos familiares dele, de outras crianças na mesma situação e até de nós mesmos, leigos sobre o autismo: 

"Numa iniciativa inédita, um grupo de pais de crianças autistas criou a Revista Autismo, primeira publicação a respeito do assunto na América Latina e a única em língua portuguesa no mundo. Tudo isso somente com trabalho voluntário e doações. A revista é gratuita, de circulação nacional e foi lançada neste mês (setembro de 2010). O grupo de pais que criou a revista não se conhece pessoalmente, apenas através da internet, onde participam de listas de discussões por e-mail sobre a síndrome que acomete seus filhos: o autismo. “Temos um dos pais que tem uma gráfica, em Santa Catarina, e quando sugeri a ideia da revista, ele pediu doação de papel a seus fornecedores, o que foi prontamente atendido”, conta o publicitário e artista plástico Martim Fanucchi, idealizador da Revista Autismo, sobre o momento que viu a viabilização do que era apenas um sonho." (Fonte: Revista Autismo)



A edição está muito bem feita e acho que vale a pena dar uma passadinha para conferir, e o mais legal é que você pode baixar gratuitamente no site.

Confiram e divulguem para os amigos.

Agora, me deem licença que eu vou ler a minha.

beijocas e boa leitura!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

[Receita] Macarrão ao Azeite, alho e mais um segredinho.

Oi meninas,

ontem precisei fazer um monte de coisas pela manhã e quando vi... já estava na hora do maridão chegar pra almoçar. O que fazer?

Pra começar, coloquei uma quantidade suficiente de macarrão para nós (usei o espaguete furadinho) e 2 ovos para cozinharem.

Bom, adoro aproveitar o que tenho na geladeira, assim não disperdiço nada. Então, enquanto o macarrão cozinhava, desfiei um restinho de frango assado que tinha em casa e fiz um refogado com alho e cebola. Coloquei um pouco de milho, ervilha, azeitona e palmito e reservei. (sempre tem uns temperinhos, ervas que acrescentamos nas receitas... vai do gosto de cada uma, fiquem à vontade). Reservei.

Acrescentei numa panela:

5 dentes de alho triturados
3 colheres de azeite
2 folhinhas de louro
Um pouco de manjerona
Um caldo knorr de BACON (segredinho)

Coloque em fogo baixo até dourarem os ingredientes e o caldo de bacon se misturar ao refogado. Acrescente o macarrão já escorrido e misture bem. Depois acrescente o frango.

Almoço pronto em menos de 20 minutos!!
E ficou delicioso, minha gente!



Eu falei que o segredinho era o caldo de bacon, pois experimentei esses dias e adorei. No feijão fica delicioso e tentei experimentar no meu macarrão no lugar do sal... e foi o que deu o toque final. Acredito que vocês também vão gostar.
Outra coisa: você pode colocar cubinhos de queijo ou presunto, ovos picados ou em rodelas em cima... é só usar a imaginação ou aproveitar o que tem na geladeira. :P

Uma beijoca estalada e se tiverem pressa em fazer o almoço de hoje, já dei a minha sugestão.

Até mais.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Bombinhas de sementes!!!

OI meninas,

a cada dia gosto mais de ser uma blogueira. Sabe porquê? Tenho a oportunidade de aprender coisas super interessantes e úteis com vocês.

Hoje descobri o blog de Dani Moreno. E achei super interessante a receitinha dela de "Bomba de sementes". Nome engraçado, mas que sei que vão gostar. E não custa nada a gente tentar mudar nossos caminhos.

Que saudade da minha infância, onde o verde fazia parte do meu cotidiano. Sempre adorei frutas, e tiradas no pé... um vizinho meu que o diga. Vivia pulando o muro dele para pegar acerolas, goiabas, mangas... escondido. Eita, tempo bom.

Hoje em dia só vemos concreto em todos os lados que olhamos. E nós que moramos em apartamentos, é que precisamos nos virar para ter esse contato com a natureza. Esotu começando a minha hortinha, ente outras plantas na minha varanda... mas quem me dera ter um espaço maior.

Mas, chega de lenga lenga e vejam que interessante.

A idéia de Dani é para que possamos fazer brotar plantas e flores em canteiros abandonados.

1º Misture num balde:
- 2 partes de sementes
- 3 partes de adubo
- 5 partes de argila em pó

2º Jogue água e misture até formar uma massa úmida.
    Faça bolinhas de até dois centímetros




3º Saia pelas ruas e jogue cuidadosamente as bolinhas em canteiros e praças degradadas.


4º Essas bombinhas carregam nutrientes suficientes para que os brotos comecem a crescer em solo pobre. Basta esperar as próximas chuvas.


Uma sugestão é pedir uma ajudinha às crianças. além de divertí-las, é uma boa oportunidade de educação ambiental.

Um beijinho e espero que tenham gostado.

sábado, 9 de outubro de 2010

NÃO INDICO: Praia do Forte Hostel

Oi pessoal,

infelizmente, minha última postagem "[Utilidade Pública] Percevejos-de-cama" não foi um assunto escolhido aleatoriamente. Mas antes de dar o meu depoimento, eu queria ter o cuidado de passar o máximo de informações possíveis pra vocês.

Então, segue meu relato:

Semana passada (de 27/09 a 01/10), realizei uma visita pedagógica Recife/ Aracaju/ Praia do Forte/ Recife com as turmas do primeiro, terceiro e quinto período de Hotelaria da UFPE – Universidade Federal de Pernambuco. A viagem foi ótima, as visitas técnicas foram muito produtivas e aprendemos muito. A viagem poderia ter sido perfeita pra mim se não fosse um episódio percebido no ultimo dia.

Me preparando para voltar a Recife no dia seguinte... fui arrumar minha bagagem (noite de quinta-feira, 30/09) e acabei cochilando na cama. No quarto (fiquei hospedada no quarto “golfinho”), só estávamos eu e outra amiga, os demais estavam numa confraternização do grupo lá fora. Acordei por volta das 0h15min (sexta, dia 1ºoutubro) e fui tomar banho. Encontrei dois percevejos na toalha e matei. Quando voltei para a cama, percebi que havia vários bichinhos, de diversos tamanhos, iguais ao da toalha espalhados nas duas camas da beliche. Mexi nos travesseiros, tinha bichinho dentro e fora da fronha, no protetor de colchão, no colchão etc.

Acordei minha amiga para que ela olhasse a cama dela enquanto eu ia à recepção falar com o rapaz o que estava acontecendo. Enrolei uns percevejos num papel higiênico e fui falar com ele que o quarto estava empestado de percevejos. O recepcionista me olhou com cara de espanto e disse:

- Nossa! Como pode. Aqui foi dedetizado semana passada, não tem como isso acontecer. E os colchões são novos, trocamos mês passado. Você viu? Então, não pode ser.
- Pois é, achei esses no apartamento, matei alguns (nesse meio tempo já tinha matado outros) e tem mais andando pelas camas e parede. Vocês precisam tomar cuidado, isso pode transmitir alguma doença. Tem outro apartamento? Eu preciso avisar as meninas que estão no mesmo quarto que eu.
- Não temos outro apartamento, está tudo ocupado. E isso nunca aconteceu aqui, é a primeira vez que isso aparece. Veja lá o que pode fazer e se não conseguir resolver me procure de novo.

Voltei irritada para o quarto, pois além de me chamar de mentirosa (dizendo que não era possível isso acontecer, pois haviam dedetizado), não ligaram de nos mudar de quarto.
Tentei acordar nossas professoras, mas não consegui. Quando estava passando perto da recepção, o recepcionista e um outro rapaz que trabalha lá estava rindo, e ouvi quando um falou: “Hum, cuidado. Podem chamar a polícia. Kkkkkkkk”
Eu e minha outra amiga fomos a outro quarto onde estavam reunidos outros amigos da nossa turma e a colega da equipe de meio de hospedagem (equipe que contratou o albergue) estava. Ela ficou indignada com o descaso e foi até a recepção.

- Moço, como é que ela vem reclamar que tem bichos no apartamento e você não faz nada? Me dê a chave de outro apartamento para que elas possam dormir lá.
- Não tenho.
- Você sabe que naquele quarto tem uma grávida? Já pensou se esse bicho pica e ela tem algum problema?

E nisso ela virou para olhar a tela do computador, em que estava ligado o sistema. Na página de controle dos apartamentos ela percebeu que tinha uns 7 ou 8 apartamentos em azul, ou seja, em manutenção.

- Moço, como você disse que não tinha apartamento disponível? E esses em manutenção?
- Estão fechados, pois estamos com uma praga de percevejos neles e estão sem condições de uso.
- Mas você não disse que isso nunca tinha aparecido aqui? Como é que agora aparecem vários apartamentos com pragas?

Ele ficou calado e ela voltou para o apartamento. Muita gente iria passar a noite em claro, para ter sono e dormir o dia todo no ônibus. Então, dormimos no quarto de outras amigas.

Caramba, me senti desprotegida em determinado momento. Sou da área de turismo, já trabalhei em recepção do hotel e até com umas coisas que não estavam relacionadas com o hotel eu me preocupava em ajudar o hóspede. Acho que esse é o nosso papel. O turista visita uma cidade onde não conhece nada, não sabe quem ou o quê procurar. A gente tem mesmo é que dar assistência.

Sempre prezo pelo bom atendimento. Em qualquer setor de prestação de serviços isso é essencial. Com certeza, se o recepcionista tivesse nos mostrado uma outra postura com a apresentação do problema, eu nem estaria escrevendo minha indignação a vocês. Mas ele mentiu, ironizou, não ligou etc.

Como no nosso quarto havia duas meninas de outro período, o assunto se espalhou rapidamente e muitos foram ver o quarto. Nisso, eu e essa amiga que está grávida já estávamos acomodadas no quarto de outras amigas.

Senti coceira no dia anterior, mas achei que podia ser da água. Depois do episódio, senti coceira na viagem de volta, principalmente nas pernas, mas achei até que era psicológico porque me lembrava daqueles bichinhos nojentos andando pela cama.

Na terça-feira, dia 05/10, senti uma coceira próxima ao cotovelo e tinha umas duas erupções na pele, cocei um pouco, achei que tivesse sido alguma muriçoca. Não liguei.

Noite de quarta-feira, dia 06/10, o dedo do meio do meio pé estavam com algumas erupções na pele e coçando muito, outro ponto foi a sola do pé. Continuei achando que tinha sido muriçoca.

A madrugada de quarta para quinta foi horrível, meus pés coçavam muito, não consegui dormir direito. Na manhã da quinta-feira, meus dois pés estavam cheios de manchas vermelhas, subindo um pouco pelo tornozelo.

Eu ia até resolver umas coisas no centro da cidade, mas preferi ficar em casa. Não tenho histórico de alergia, na verdade, aos oito anos tive uma reação alérgica ao comer ervilha, tratei e melhorei, de forma que hoje como ervilhas normalmente. Mesmo não comendo nada fora do normal, ainda achei que podia ser alergia a algum tempero ou comida.

No final da tarde da quinta-feira, minhas duas pernas estava cheias de erupções, na verdade feridas mesmo. Tomei antialérgico e nada resolveu. A coceira e as feridas só aumentavam.

Lembrei do ocorrido no Albergue da Juventude da Praia do Forte/BA e comecei a pesquisar na internet sobre percevejos e muita coisa batia com o que estava acontecendo comigo.

Fui a uma emergência. As médicas se assustaram de como minhas pernas estavam, fora os pontos que apareceram nas costas. Lembro que a primeira pergunta foi:

- Menina, você tem cachorro, gato ou outro bicho em casa? Alimentação não faz isso.
- Respondi que não e falei que havia feito uma viagem e expliquei tudo o que aconteceu.
- Então tá explicado. Foi por conta das picadas dos percevejos. Vou passar uma pomada, mas agende um dermatologista para ver isso.

Inclusive, depois de me orientar sobre o medicamento e cuidados com a pele, ela me perguntou onde foi que isso aconteceu, pois nunca queria ir a um lugar desses.

Juro que já tinha esquecido aqueles bichinhos horríveis, mas lembrei o descaso. Muitas outras pessoas podem ter sido afetadas e, por falta de informação, nem sabem o que está acontecendo. Espero que a divulgação do que aconteceu comigo possa fazer com que eles repensem a forma com que tem tratado seus clientes. Outra coisa importante é passar informação sobre esses percevejos: origem, como evitar, como acabar com a praga etc., também quero que as pessoas tomem conhecimento.

Quero deixar claro que estou reclamando do prestador de serviço: Praia do Forte Hostel. Isso não significa que devemos generalizar, muitos albergues oferecem bem seus serviços. O próprio albergue tem uma estrutura bem legal, mas pecou no atendimento e mesmo na questão de higiene e saúde. Da mesma forma que houve negligência numa praga de percevejos, poderia ser numa praga de pulgas, carrapatos etc.

Penso no caso da minha amiga que está grávida, numa criança ou mesmo outras pessoas que tenham alergias ou outras coisas que pudessem gerar um problema muito maior. Num grupo de 46 pessoas, fui a escolhida. Mas poderia ter sido qualquer um.

Então, divulguem, para que problemas do tipo não se repitam.

Seguem algumas fotos minhas.

Ah, havia me esquecido de colocar o link do hotel

[Utilidade Pública] Percevejos-de-cama

Oi pessoal

hoje vim pra falar de um bichinho horrível e que muita gente não conhece: os percevejos-de-cama.

Nome: Percevejos-de-Cama ou Cimex lectularius

São insetos que se alimentam de sangue humano e são capazes de provocar alergias e infecções. Até o momento, não foram identificadas doenças transmitidas por esse tipo de inseto, mas é melhor não coçar as picadas, senão elas podem infeccionar.

Esses pequenos insetos medem cerca de 5 milímetros e possuem uma coloração vermelha escura, oval e achatado da traseira para a parte inferior, com patas bem desenvolvidas, mas sem asas. Boca adaptada à perfuração e sucção. Vivem de seis a doze meses, e suas fêmeas pode colocar de 3 a 5 ovos por dia. Por isso, quando eles se instalam em algum lugar, tendem a se reproduzir. Seus ovos são brancos e em forma de pêra. Quando jovens, os percevejos são marrom claros. Conforme vão crescendo, eles tornam-se mais escuros.

Os percevejos adultos são de uma cor castanho-vermelha, têm um corpo achatado e oval com pêlos amarelos. Emanam um cheiro de umidade um pouco adocicado. Ao comer, os percevejos incham e sua cor se torna vermelho-escura.

Durante o dia ficam escondidos em dobras de cortinas, relógios, rádios e telefones perto de camas ou sobre mesinhas ao lado da cama, dentro ou debaixo de gavetas, porta-retratos, rachaduras, fendas, cabeceiras de cama, papéis de parede, rodapés, colchões, sofás, tapetes, malas e sapatos.

Os percevejos também podem ser transportados para casa em bagagem, roupas ou outros objetos pessoais após uma viagem. Às vezes, hotéis têm percevejos. Eles podem entrar nas suas malas e ser transportados para casa. Na roupa do corpo é possível, mas isto é pouco provável. Basta apenas um percevejo para você ter uma praga deles em casa.

Algumas das razões do percevejo-de-cama ser um problema em muitas cidades é pelo fato de que cada vez mais pessoas estão viajando para o exterior, a locais onde há problemas com os percevejos, ou mesmo o fato de que certos tipos de inseticidas para os percevejos foram banidos por terem substância consideradas cancerígenas.

Por serem insetos noturnos, dificilmente poderá vê-los. Eles saem para se alimentar à noite e são atraídos pelo calor do corpo e o dióxido de carbono que liberamos enquanto dormimos. Quando nos picam, os percevejos de cama injetam saliva para garantirem que o sangue flua sem coagular. A resposta do nosso sistema imunitário é que causa a irritação.

Sinais da presença de percevejo-de-cama?

Desconfie se você encontrar:
  • manchas escuras (avermelhadas ou castanhas) nos lençóis, fronhas, colchões ou áreas próximas da cama. Isto vem das fezes dos percevejos.
  • manchas de sangue nos lençóis e fronhas.
  • cheiro particular de umidade
  • acordar com picadas esbranquiçadas que coçam, geralmente em áreas da pele que ficam expostas
  • aparecimento de pequenos vergões vermelhos e comichão na pele. Isto vem das picadas desses insetos.
Como tratar as picadas?
  • Você deve lavar a área afetada com sabão anti-séptico, para diminuir a infecção.
  • Evite coçar
  • Procure um médico para que ele passe uma medicação adequada para o seu caso.
Como eliminar os percevejos?

A única forma de se livrar dos percevejos é chamar uma dedetizadora confiável, para pulverizar sua casa com inseticida. Antes da pulverização, eles vão pedir para você lavar toda a roupa de cama, os tapetes e as roupas na temperatura mais alta possível, 60 °C é o ideal. Você precisará expor todos os esconderijos prováveis de percevejos e tomar cuidado para que animais de estimação, principalmente peixes, sejam removidos da área que será dedetizada. Você não poderá passar pano e nem aspirador na casa por uns 10 dias

Outras medidas que poderão ser adotadas no caso de invasão de percevejos, são:

• Tomar banho antes de dormir e ao se levantar
• Trocar roupas de camas no máximo em três dias.
• Lavar tudo em água quente e secar em secadora
• Vedar e selar todas as frestas da estrutura e mobília da casa.
• Examinar móveis usados, roupas e malas antes de trazê-los para casa.
• Examinar todas as áreas da sua casa para ter certeza de que tem percevejos.
• Verificar apartamentos e dormitórios. As moradas muito próximas facilitam a criação de percevejos. Eles se abrigam nos espaços entre as paredes. Se o apartamento ao lado do seu tiver percevejos, é provável que você também os tenha. É difícil resolver o problema até que todos os apartamentos no prédio tomem medidas para eliminar esses insetos.
• Antes de mudar para um apartamento vazio, faça uma vistoria para detectar percevejos. Eles podem sobreviver vários meses sem alimento.
• Identificar a origem dos percevejos.
• Com um aspirador de pó (de preferência um que tenha filtro “HEPA”) retirar os percevejos de todas as áreas da casa onde os achou ou onde eles possam estar. Faça isto durante a vistoria inicial e novamente uma vez por semana.
• Jogue fora colchões ou esfregue-os bem e logo passe o aspirador neles. Cubra-os com uma capa plástica com fecho.
• Lave cabeceiras de camas e bases.
• Use um vedante de silicone de alta qualidade para vedar qualquer fenda, racha ou furo nas paredes, especialmente em áreas ao redor de locais onde ocorreram picadas de percevejos.
• Não use inseticida por conta própria. Isto poderá piorar o problema.
• Entre em contato com um dedetizador certificado.
• Após lavar as roupas (por exemplo: roupa de cama e de vestir) coloque-as em sacos plásticos ou recipientes plásticos bem fechados para evitar o retorno dos percevejos.
• Separe os objetos já limpos (sem percevejos) até acabar com o problema.


Fontes e outras notícias relacionadas: (é só clicar em um dos títulos abaixo)









Espero que tenha sido útil essa informação.


Se você teve alguma experiência desagradável com esse bichinho horroroso, deixe um comentário e coloque como você se livrou também. Assim trocamos experiências e podemos ajudar outras pessoas com o mesmo problema.


Um beijo e fiquem com Deus

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Vou precisar da ajuda de vocês

Meninas,

não serei muito clara agora porque quero preparar direitinho as coisas para poder dar certo.
Mas voltei hoje do médico, esotu com o corpo todo ferido, principlamente pernas, por conta de descaso de um prestador de serviços da viagem que fiz.
Primeiro farei uma denúnica para a vigilancia sanitária e depois explicitarei o problema e gostaria de pedir que passassem adiante.

Como profissional da área de turismo, não posso admitir determinadas posturas. Não vou fazer denúncia para ganhar dinheiro, gosto do meu dinheiro suado mesmo. Mas quero que os prestadores de serviços repensem suas atitudes, principalmente, quando está relacionado a saúde dos seus clientes.

Estou vendo as melhores formas de fazer isso... mas voltarei ao blog para pedir a ajuda dos blogueiros e visitantes de plantão pra gente colcoar a boca no trombone.

Um beijo e obrigada

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Restaurante Terreiro Bahia

Um dos restaurantes da Praia do Forte que indico é o Terreiro Bahia. O nome da Chef é Tereza Paim, bem conhecida na região e muito atenciosa com o grupo. Fizemos uma visita gastronômica e pudemos provar vários quitutes saborosos em um ambiente super agradável e com decoração diferenciada. Entre os quitutes, provamos:

Entradas:
Salada verde (mix verde, tomate cereja, dois queijos e molho de mostarda)
Escondidinho de fumeiro com mandioquinha
Pudim de Siri com Molho Lambão
Bolinhos de peixe (Deliciosos)

Pratos Principais:
Bobó de Camarão
Moqueca de Peixe (acompanhado com arroz branco e pirão de peixe)
Risoto de camarão

Uma amiga que não come frutos do mar pediu um filé ao molho de tamarindo, acompanhado de purê de mandioquinha. Muito bom também.

Sobremesa:
Cocada de forno com calda de uva do Juazeiro
Doce de leite de cabra de Pojuquinha...

A decoração é uma maravilha a parte, os quadros que estão expostos podem ser comprados também.

Achei uma delicadeza essa cestinha de palha para colocar os talheres.


Vi uma coisa que pensei logo em outras blogueiras que se divertem na decoração de suas casas, foi esse lustre de colheres de pau, achei bem diferente.


Muito bom mesmo, indico.
Adoro sair, degustar e conhecer coisas diferentes e além do sabor diferenciado, os pratos são requintados.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

[Dica de Viagem] Praia do Forte/ BA

Oi meninas,

é incrível como tudo o que acontece na vida de uma blogueira é assunto para publicação. Então, nada mais justo que falar sobre a viagem que fiz na semana passada.
Passei uns dias em Aracaju/SE e na Praia do Forte/BA. Os dois destinos estão bem estruturados para receber o turista, mas o último com certeza me encantou.

A Praia do Forte é uma vila de pescadores, a 50km de Salvador. Um paraíso que combina história e preservação ambiental.

Um dos atrativos mais conhecidos é o Projeto Tamar, responsável pelo trabalho de conscientização e preservação de tartarugas marinhas na região.


A vila possui lojas dos mais diferentes artesanatos e restaurantes para todos os gostos.

Vale muito a pena, principalemnte se quisermos relaxar.


segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Centro de mesa: Maçã do amor de Chocolate

Oi meninas,

fiquei devendo a foto do centro de mesa que usei no aniversário.
Foi uma opção para gastar pouquinho.

Usei:
- Argila (em média 200gr por vasinho)
- Fitas de cetim para enfeitar e amarrar
- saquinho plástico
- Celofanes coloridos
- Papel seda
- Palitos para churrasco
- Maçã coberta com chocolate e granulado
- Saquinho para cobrir a maçã
- Pirulitos para enfeitar




A argila eu coloquei dentro de um saquinho de verdura e dei um nó.
Tanto o celofane, quanto o papel seda eu cortei em 4 pedaços.
Coloquei a argila no centro dos papéis e amarrei com a fita de cetim, formando uma trouxinha.
Para enfeitar, coloquei uns pirulitos...


Fiz as maçãs do amor cobertas com chocolate branco e passei no granulado. Coloquei dois espetos para churrasco para que ficassem mais firmes. Coloquei o saquinho, por questão de higiene mesmo e amarrei uma fitinha vermelha embaixo.
Bom, nao vou mentir praa vocês, com a correria acabei esquecendo de tirar uma foto do resultado final. No dia seguinte, quando fui arrumar o salão, montei a mesa de novo só para colocar no blog... mas a essas alturas as crianças já tinham cuidado dos pirulitos. Mas dá pra ter uma idéia de como ficou.



Espero que tenham gostado.

Uma sugestão que dei aos convidados: após comer a maçã, a base poderia ser usada como peso para porta ou mesmo papel.

beijos e até a próxima.