Pular para o conteúdo principal

Dica de Filme para um Feliz 2011

Oi pessoal,

feliz 2011. Desejo muita saúde e realizações nesse novo ano!

Hoje, vim pra indicar um filme, mas deixa eu falar umas coisinhas antes:
Já comentei aqui, várias vezes, que conheci pessoas maravilhosas depois que criei o blog e que tenho aprendido um bocado de coisas interessantes também.
Muitas pessoas já me disseram que escolhi o curso errado, que deveria ter feito psicologia. Realmente, adoro ajudar as pessoas a partir da observação dos seus comportamentos. Na verdade, quando entendo mais os outros, é bom pra mim, porque também passo a me entender mais.
Um dos assuntos que tenho me interessado bastante é o autismo, não tenho ninguém próximo com a disfunção. Mas, é depois que conheci o "Lú" (na verdade, acompanho o blog), tenho buscado entender melhor o que acontece no seu mundo. E só vejo o quanto tenho que aprender.
As irmãs do Lú, Luiza e Karla Coelho, criaram o blog Estou Autista e além de falar das conquistas e desenvolvimento do Luiz, disponibilizam muitas vezes informações sobre como lidar com o autismo.

Em uma de suas postagens, li sobre a Dra. Temple Grandin, uma respeitada especialista na engenharia agropecuária. Ela é autista. Diagnosticada com autismo em meados da década de 50, quando ser autista significava ser internado sem expectativas de melhora, a Dra. Temple Grandin trilhou um caminho improvável e, em fevereiro de 2010, ganhou uma telebiografia produzida pela HBO e estrelada de forma brilhante por Claire Danes.


Pesquisando um pouquinho sobre a vida dela, encontrei uma entrevista no site Universo Autista, onde vocês poderão esclarecer mais alguns detalhes sobre o assunto. Para ler: clique aqui.

Indico o filme, principalmente para quem começou 2011 e ainda está desanimado ou mesmo sem perspectivas. Neste final de semana assisti ao filme e a todo momento me vinha à cabeça o quanto somos pequenos, muitas vezes até preguiçosos com nós mesmos.
Somos saudáveis, e vivemos encontrando desculpas para os nossos sonhos que não foram realizados, para a nossa vida que está sem graça e o maior responsável por nossos fracassos somos nós mesmos.
Grandin, tinha tudo para ser mais uma autista, cheia de limitações, mas sua busca por novos desafios fizeram a diferença.
Depois deixem um recadinho dizendo o que achou do filme.

Ah, além de saúde e realizações, desejo garra e persistência porque desafios são feitos para serem enfrentados.

Uma beijoca saudosa

Gilmara

Comentários

  1. Oi Gilmara, bem lembrado! Chás não devem ter açucar mesmo, vc faz certinho. Bjks

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gratidão pela visita e participação no blog.
Antes de sair, não esquece de assinar para receber nossas novidades.
Até breve.

Postagens mais visitadas deste blog

Aracelli, Meu Amor - 18 de maio de 1973

Oi pessoal,
estou passando para falar de uma coisa muito séria: o Abuso e a exploração sexual de crianças e Adolescentes. Hoje, dia 18 de maio é o Dia de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, é uma data nacional e foi escolhida 20 anos após o do crime que aconteceu contra Aracelli Cabrera Sanches Crespo (02 de julho 1964 - 18 de maio de 1973).
Aracelli (significa altar celeste), brasileira, nascida em Vitória/ES. Uma menina meiga, alegre, morava em uma casinha no bairro de Fátima, em Serra/ES (na rua que hoje tem o mesmo nome da menina). Era filha de Gabriel Crespo e da boliviana Lola Sanchez. Tinha um cachorro, chamado Radar (colocou esse nome, pois dizia que ele a encontraria em qualquer lugar). Estudava no Colégio São Pedro, e na sexta-feira, dia 18 de maio de 1973, não chegou no horário que normalmente chegava em casa, e com o passar das horas, a preocupação foi aumentando.
O Sr. Gabriel Crespo, pensando em sequestro, foi à delegacia dar queixa do desaparec…

[Utilidade Pública] Percevejos-de-cama

Oi pessoal
hoje vim pra falar de um bichinho horrível e que muita gente não conhece: os percevejos-de-cama.
Nome: Percevejos-de-Cama ou Cimex lectularius
São insetos que se alimentam de sangue humano e são capazes de provocar alergias e infecções. Até o momento, não foram identificadas doenças transmitidas por esse tipo de inseto, mas é melhor não coçar as picadas, senão elas podem infeccionar.
Esses pequenos insetos medem cerca de 5 milímetros e possuem uma coloração vermelha escura, oval e achatado da traseira para a parte inferior, com patas bem desenvolvidas, mas sem asas. Boca adaptada à perfuração e sucção. Vivem de seis a doze meses, e suas fêmeas pode colocar de 3 a 5 ovos por dia. Por isso, quando eles se instalam em algum lugar, tendem a se reproduzir. Seus ovos são brancos e em forma de pêra. Quando jovens, os percevejos são marrom claros. Conforme vão crescendo, eles tornam-se mais escuros.
Os percevejos adultos são de uma cor castanho-vermelha, têm um corpo achatado e oval co…

NÃO INDICO: Praia do Forte Hostel

Oi pessoal,
infelizmente, minha última postagem "[Utilidade Pública] Percevejos-de-cama" não foi um assunto escolhido aleatoriamente. Mas antes de dar o meu depoimento, eu queria ter o cuidado de passar o máximo de informações possíveis pra vocês.
Então, segue meu relato:
Semana passada (de 27/09 a 01/10), realizei uma visita pedagógica Recife/ Aracaju/ Praia do Forte/ Recife com as turmas do primeiro, terceiro e quinto período de Hotelaria da UFPE – Universidade Federal de Pernambuco. A viagem foi ótima, as visitas técnicas foram muito produtivas e aprendemos muito. A viagem poderia ter sido perfeita pra mim se não fosse um episódio percebido no ultimo dia.
Me preparando para voltar a Recife no dia seguinte... fui arrumar minha bagagem (noite de quinta-feira, 30/09) e acabei cochilando na cama. No quarto (fiquei hospedada no quarto “golfinho”), só estávamos eu e outra amiga, os demais estavam numa confraternização do grupo lá fora. Acordei por volta das 0h15min (sexta, dia 1ºo…