Pular para o conteúdo principal

Descobri por que os olhos são o espelho da alma.

Boa tarde, meninas... há tempos não apareço por aqui. Estava querendo trazer um assunto interessante, diferente e que tivesse relação com as necessidades do nosso dia a dia.

Achei que vir falar um pouco sobre saúde, seria importante. Lembrei de como minha vida mudou após ter ido a um médico... na verdade, é uma área da medicina alternativa, mas que faz a diferença.

Já ouviram falar em Iridologia?

Não?

Eu explico do que se trata. Mas vou começar explicando como fiquei sabendo:

Há muitos anos, tinha crise de enxaqueca... fui a vários médicos - otorrino, oftalmo, ortodontista, neurologista, clinico geral, etc. - e sempre ouvia explicações como:
- "Seu problema é estresse"
-"Você precisa mudar sua rotina"
(Nessa época específica, estava em época de vestibular)
-"Seu problema são os dentes sisos que querem nascer" (tirei os dentes inclusos e parece que foi pior)
- "Seu problema é a vista" (até hoje não consegui descobrir o que tenho na visão, não uso meus óculos e não sinto nenhuma falta)

Droga, eu só queria uma solução...no início as dores de cabeça eram intensas, mas uma hora de sono e silêncio resolviam.... depois precisei começar a tomar remédios; depois ficar enjoada a ponto de vomitar; depois a pressão cair a ponto de desmaiar.... e o pior... no final o único remédio que passava minha dor de cabeça era o Tandrilax (remédio indicado para quem sofre de crise de coluna e que me rendeu uma gastrite- aí eu não sabia o que era pior, a dor de cabeça ou de estomago). Era horrível, as dores já estavam durando mais de 24 horas e acontecia de duas a tres vezes por semana.

Meu namorado, atualmente marido, me falou de um problema que teve e que esse médico diagnosticou e ele melhorou. Resolvi ir. Já tinha ido a tantos, que mais um, menos um não faria a diferença... marquei minha consulta.

Chegando lá, Dr. Henrique muito sorridente e atencioso, começou a analisar meus olhos, mais precisamente minha IRIS. Antes que eu falasse qualquer coisa, me perguntou se já tive disturbio alimentar... fiquei parada... e confirmei, mas disse que fazia muito tempo (tive inicio de bulimia há uns 12 anos) e ele me explicou que meu metabolismo estava muito lento e que precisariamos trabalhá-lo. Perguntou sobre meu emocional (e na época estava passando por us problemas), falou do meu pancreas (o que outrs medicos ja haviam me dito)... não aguentei e perguntei o que poderia ter relação com as dores de cabeça e ele me disse que estava com um problema no fígado (nunca imaginaria, não bebo, não como frituras, etc...)...

Eu ainda fiquei com uma pulga atrás da orelha... antes de começar os remédios homeopatas que ele me receitou e a nova dieta (ele é especializado em nutrição), procurei gastro e endocrinologista... e confirmei tudo o que ele me disse.

Vou a mais de um ano e minha saúde mudou muito. Vou a outros médicos, entretanto, é a ele que ouço em relação a tudo. As enxaquecas pararam, hoje, noto que quando ela aparece, com menos intensidade... são em dias que não dormi direito... e o primeiro método, o soninho, tem resolvido.

Como disse mais acima, a Iridologia é uma medicina alternativa. O médico examina sua Iris e dá o diagnóstico. Além de dizer os problemas que você tem, pode identificar doenças que você pode desenvolver ou adquirir... problemas genéticos ou não.

Uma vez ele me explicou que o corpo possui milhares de pontos nervosos que vão até o cérebro, o córtex... e que o final do córtex é a Iris, por isso que com uma lente especial você pode observar pontos de todo corpo.

O médico poderá diagnosticar inflamações em determinados pontos e estudá-lo, tentar descobrir o que está desenvolvendo aquilo.

As consultas com o médico que vou acontecem a cada três meses (ida e retorno). Da última vez que fui pude achar mais interessante do que antes. O médico está com um equipamento novo e a gente tem a possibilidade de ver a nossa íris nuam televisão...

Não é a toa que dizem que "os olhos são o espelho da alma"



Bjos e até a próxima.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aracelli, Meu Amor - 18 de maio de 1973

Oi pessoal,
estou passando para falar de uma coisa muito séria: o Abuso e a exploração sexual de crianças e Adolescentes. Hoje, dia 18 de maio é o Dia de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, é uma data nacional e foi escolhida 20 anos após o do crime que aconteceu contra Aracelli Cabrera Sanches Crespo (02 de julho 1964 - 18 de maio de 1973).
Aracelli (significa altar celeste), brasileira, nascida em Vitória/ES. Uma menina meiga, alegre, morava em uma casinha no bairro de Fátima, em Serra/ES (na rua que hoje tem o mesmo nome da menina). Era filha de Gabriel Crespo e da boliviana Lola Sanchez. Tinha um cachorro, chamado Radar (colocou esse nome, pois dizia que ele a encontraria em qualquer lugar). Estudava no Colégio São Pedro, e na sexta-feira, dia 18 de maio de 1973, não chegou no horário que normalmente chegava em casa, e com o passar das horas, a preocupação foi aumentando.
O Sr. Gabriel Crespo, pensando em sequestro, foi à delegacia dar queixa do desaparec…

[Utilidade Pública] Percevejos-de-cama

Oi pessoal
hoje vim pra falar de um bichinho horrível e que muita gente não conhece: os percevejos-de-cama.
Nome: Percevejos-de-Cama ou Cimex lectularius
São insetos que se alimentam de sangue humano e são capazes de provocar alergias e infecções. Até o momento, não foram identificadas doenças transmitidas por esse tipo de inseto, mas é melhor não coçar as picadas, senão elas podem infeccionar.
Esses pequenos insetos medem cerca de 5 milímetros e possuem uma coloração vermelha escura, oval e achatado da traseira para a parte inferior, com patas bem desenvolvidas, mas sem asas. Boca adaptada à perfuração e sucção. Vivem de seis a doze meses, e suas fêmeas pode colocar de 3 a 5 ovos por dia. Por isso, quando eles se instalam em algum lugar, tendem a se reproduzir. Seus ovos são brancos e em forma de pêra. Quando jovens, os percevejos são marrom claros. Conforme vão crescendo, eles tornam-se mais escuros.
Os percevejos adultos são de uma cor castanho-vermelha, têm um corpo achatado e oval co…

NÃO INDICO: Praia do Forte Hostel

Oi pessoal,
infelizmente, minha última postagem "[Utilidade Pública] Percevejos-de-cama" não foi um assunto escolhido aleatoriamente. Mas antes de dar o meu depoimento, eu queria ter o cuidado de passar o máximo de informações possíveis pra vocês.
Então, segue meu relato:
Semana passada (de 27/09 a 01/10), realizei uma visita pedagógica Recife/ Aracaju/ Praia do Forte/ Recife com as turmas do primeiro, terceiro e quinto período de Hotelaria da UFPE – Universidade Federal de Pernambuco. A viagem foi ótima, as visitas técnicas foram muito produtivas e aprendemos muito. A viagem poderia ter sido perfeita pra mim se não fosse um episódio percebido no ultimo dia.
Me preparando para voltar a Recife no dia seguinte... fui arrumar minha bagagem (noite de quinta-feira, 30/09) e acabei cochilando na cama. No quarto (fiquei hospedada no quarto “golfinho”), só estávamos eu e outra amiga, os demais estavam numa confraternização do grupo lá fora. Acordei por volta das 0h15min (sexta, dia 1ºo…