sábado, 21 de agosto de 2010

Dança do Ventre

As danças sensuais tem sido a opção predileta quando o assunto é sensualidade. Elas permitem que a mulher fique desinibida, além de conhecer melhor o próprio corpo.



A dança do ventre é uma dança milenar e que até hoje desperta o frisson tanto na bailarina, quanto em quem assiste. É uma dança que mexe com todos os sentidos, os movimentos da mulher ficam mais delicados, além dos benefícios para o corpo, como a queima de calorias (em média 400 calorias por hora), tonifica a musculatura das pernas, panturrilha, abdomen, braços, costas e glúteos; aumenta circulação sanguínea, melhora a postura, flexibilidade e resistência física. Aumenta a autoestima, alivia o estresse, etc.

Dizem que a bailarina passa por três fases:
1 - dança para si
2- dança para uma figura masculina (pode ser pai, companheiro, irmão...)
3- dança para amigos e
depois está preparada para dançar para um público maior.

Entretanto, ao aprender as primeiras técnicas, mesmo os passos mais simples já possibilitam a preparação de uma noite inesquecível.

Músicas árabes... se você gostar de sons marcantes pode buscar por solos de debak.
Use e abuse da criatividade.
Prepare o ambiente com velas, incensos e petalas de rosas.
Um perfume provocante.
Faça uma maquiagem marcante. Mas cuidado para não exagerar e ficar com uma aparência vulgar.
Para depois da apresentação e as consequências que ela trará, você poderá já deixar preparado um lanche com frutas (morangos, uvas, kiwi e manga cortadinhos, etc), chocolate, vinhos, uma tábua de frios, etc.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

È muito bom saber o que você achou das postagens e do blog. Obrigada por deixar seu recadinho. Deixe seu nome e email, assim poderei respondê-lo.
Uma beijoca e fique com Deus.